“Governador, para onde foi o dinheiro das taxas de fiscalização das lanchas?”

17863396660_50d6b4c921_o

“Governador Rui Costa, se R$ 0,30 de todas as passagens da travessia Salvador – Mar Grande são repassadas ao estado pelas concessionárias para a fiscalização da Agerba, o que está sendo feito com esse dinheiro? Por que até hoje não existe um posto do órgão estadual nos terminais?”, questionou o deputado federal José Carlos Aleluia.

O democrata se refere às acusações feitas pelo prefeito de Vera Cruz, Marcus Vinícius, que deixou claro que o governo estadual chega a abocanhar cerca de R$ 60 mil por mês em taxas acrescidas ao valor da passagem da travessia Salvador – Mar Grande (Taxa de Poder de Polícia). No entanto, no município da Ilha de Itaparica, não existe nenhum posto da Agerba, ou mesmo fiscal diário para verificar as embarcações.

“É importante agora buscar informações para que uma tragédia como a que vitimou 19 pessoas na última semana não passe incólume. É preciso investigar a fundo os erros que levaram ao ocorrido para que nunca mais isso aconteça. Hoje vem a luz a informação de que o estado recolhe dinheiro suficiente para fazer uma fiscalização própria nas embarcações e na tripulação. Por que não o faz?”, cobrou Aleluia.