MUCUGÊ: Responsável por áudio com mentiras sobre Aleluia pode pegar 16 meses de prisão – Deputado Aleluia

MUCUGÊ: Responsável por áudio com mentiras sobre Aleluia pode pegar 16 meses de prisão

img_2404

Envolvido está ligado à política no município e será denunciado à Polícia Federal

O deputado federal Aleluia anunciou que o responsável por criar e divulgar áudios com mentiras sobre o seu nome já está sob investigação e será denunciado à Polícia Federal.

O indivíduo é ligado à política no município e tem atuado na criação de fake news na campanha eleitoral de 2018. Ao utilizar um aplicativo que lê textos em voz pré-gravada, o autor inventou notícias falsas contra Aleluia, como se o deputado atuasse contra o Bolsa Família, ou que o mesmo tivesse votado para acabar com a aposentadoria rural.

A identidade do disseminador já está sendo apurada através de arquivos que indicam os aparelhos que teriam originado a sua distribuição. O criminoso será denunciado por difamação, com agravante por Aleluia se tratar de funcionário público no exercício de sua função. A pena pode chegar a um ano e quatro meses de prisão e multa. Além disso, o deputado estuda entrar com uma ação cível pedindo indenização por danos morais contra o denunciado.

“Quando um mau caráter se dá ao trabalho de mentir sobre você, é sinal de que está incomodado. E se eu estou incomodando quem é mau caráter em Mucugê, é sinal de que o trabalho que tenho feito junto ao grupo de Ana Medrado está sendo muito bem feito. Vou seguir ajudando a população enquanto ele se resolve com a Justiça”, afirmou Aleluia.

O deputado também lembrou que é o autor do Conta Zero, a emenda já aprovada na Câmara que garante a conta de luz zerada para família que recebem Bolsa Família e consomem até 70kW/h por mês. O projeto só falta passar pelo Senado. “Como não pode ser contra este meu trabalho que teve a aprovação de todos os partidos na Câmara, resta a ele inventar mentiras”, pontuou.